Só pesquisa

Carregando...

quinta-feira, 26 de julho de 2012

8º ANO - A VINDA DA FAMÍLIA REAL NO BRASIL - ATIVIDADE

Leia o seguinte texto, depois responda as questões:

Com as cores e os ares da Europa


“De capital do Vice-Reino do Brasil à sede do Império português. Com a chegada da família real e sua corte, o Rio de Janeiro precisava adequar a realidade da Colônia aos moldes europeus. A tarefa não era fácil. Como descreveria o viajante inglês John Luccock, alguns anos mais tarde, a cidade era "a mais suja associação humana vivendo sob a curva dos céus". À imitação das ruas de Lisboa, as vias cariocas estavam repletas de lama e de toda sorte de sujeira. As igrejas e os conventos eram os edifícios públicos mais notáveis e, fora algumas touradas realizadas no Campo de Santana, não existiam diversões como as européias. Os jardins do Passeio Público, construído entre 1779 e 1783, foram durante anos o principal atrativo da cidade.
D. João tratou de revitalizar esse cenário, fundando teatros, organizando concertos musicais na Capela Real, adicionando novas datas no já carregado calendário de festas locais e criando o Jardim Botânico, como parte do esforço de transformar o Rio em uma cidade civilizada nos trópicos. Era importante ainda criar uma imagem do Império. Para isso, aportou no país em 1816 a Missão Francesa, composta por artistas como Lebreton, Taunay, Debret e Grandjean de Montigny. A Missão produziu imagens que hoje são a memória material do período, além de transformar a paisagem da sede imperial, substituindo o barroco pelo estilo neoclássico. Os 54 quadros que chegaram com os artistas franceses tornaram-se embrião, junto com a coleção de D. João, de outra grande instituição cultural da cidade: o Museu Nacional de Belas Artes.
            O conhecimento europeu aportou no país em forma de livros, manuscritos, gravuras, estampas, mapas, moedas e medalhas. O acervo da Real Biblioteca, com cerca de 60 mil volumes, foi transferido para o Rio de Janeiro logo após a chegada da Família Real, na Ordem Terceira do Carmo, deu origem à Biblioteca Nacional, hoje apontada pela Unesco como a oitava maior biblioteca do mundo”.

SCHWARCZ, Lília Moritz. O dia em que Portugal fugiu para o Brasil. In: Revista de História da Biblioteca Nacional, ano 1, número 1, jun de 2005. p.26.


a) Explique o título do Texto: “Com as cores e os ares da Europa”.

b) Qual a importância da Missão Artística Francesa neste contexto até hoje?

c) Dentre as novidades trazidas pela família Real, qual a autora do texto coloca como de grande importância cultural para o Brasil de ontem e de hoje?


TEMA: A VINDA DA FAMÍLIA REAL E INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
QUESTÃO 01

Utilizando seus conhecimentos da história do período (1808/1822), explique, as possíveis divisões do mapa do Brasil na imagem abaixo. Não esqueça que neste mapa encontra-se uma hipótese a respeito do processo de independência do Brasil.
QUESTÃO 02 
A vinda da família real portuguesa foi bastante significativa para o Brasil, pois possibilitou
a) o fim do pacto colonial a partir da liberdade de comércio estabelecida em 1808.
b) uma maior liberdade para os negros africanos de exercer seus rituais religiosos.
c) uma alteração na cultura brasileira, que se tornou livre das influências britânicas.
d) a perpetuação dos valores culturais portugueses que passaram a ser os únicos do Brasil.

QUESTÃO 03
 
Procure interpretar as “charges" que se encontra acima e ao lado, analisando a versão da Independência do Brasil, que elas transmitem.

QUESTÃO 04


Explique a imagem acima, dando preferência em sua resposta à causa, dentro do seu contexto histórico. (Por que Napoleão está em território espanhol e qual o motivo para os exércitos franceses estarem em Portugal?).
QUESTÃO 05
Partindo do mesmo princípio da questão anterior, comente a principal conseqüência da invasão napoleônica ao território português e qual a sua relação com a História do Brasil.

QUESTÃO 06
A figura ao abaixo representa uma das diversas conseqüências da vinda da Família Real portuguesa para o Brasil, o “Ponha-se na rua”. Qual o significado da expressão e por que esse fato aconteceu?

9 comentários:

  1. queria saber a resposta das questões, estou afim de estudar e queria achar as respostas certas pois to de recuperação !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai tomar no cu filha da puta seu guei pq não tm a porra o caralho da desgraça da resposta

      Excluir
    2. guei kkkkkkkkkk sabe nem digitar kkkkkkk

      Excluir
  2. por favor eu tou lutando para passa de ano mi ajude a resposta da quetão6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os portugueses estão invadindo as casas mais centralizadas para que a família real pudesse ali permanecer

      Excluir
  3. tb acho que tinha que ter resposta

    ResponderExcluir
  4. porque as pessoas tinham que ceder suas casas p/o príncipe e sua comitiva e por isso era escrito nas portas PR- príncipe regente.mas o povo descontente com isso diziam ironicamente que PR significava "ponha-se na rua!

    ResponderExcluir
  5. do que adianta colocar as questões de não colocar as respostas. Como vou saber se acertei ou não.

    ResponderExcluir
  6. Queria as respostas :c

    ResponderExcluir